quinta-feira, 22 de setembro de 2016

'Conselhos' do outono que deve aplicar na sua vida


O outono é uma estação de mudança com muitas simbologias associadas. Tome estas simbologias como conselhos para a sua vida.


 


Chegou hoje o outono mas esta estação associada aos amarelos e castanhos das árvores, à queda das folhas, aos primeiros dias de frio e chuva e às noites mais longas traz consigo muitas lições de vida.

O site Bustle listou sete significados simbólicos do outono que pode adoptar como conselhos para a sua vida:

1. Mudança. É importante abraçar e aproveitar o presente, mas também é essencial aceitar a mudança e aproveitá-la.

2. Mistério. As mudanças que o outono traz fazem com que o ambiente fique com um ar misterioso, também na vida é preciso aceitar os mistérios e o desconhecido;

3. Preservação. O outono representa a preservação da vida e das suas necessidades básicas. Nesta estação os animais preparam-se para o inverno, os agricultores também guardam reservas para o inverno e as pessoas em geral recolhem-se mais e tentam deixar o seu lar mais acolhedor. Nesse sentido o outono ensina-nos a recuperar a nossa auto-conexão e a conseguir um local seguro.

4. Protecção. Assim que o verão termina e o outono começa procuramos vestir mais roupa ou roupa mais tapada para nos protegermos do frio, na vida é preciso praticar a auto-protecção com alguma frequência.

5. Conforto. Tal como a proteção, também o conforto é um sinónimo do outono pois, à medida que as temperaturas descem, procuramos ficar mais resguardados e confortáveis. Procurar o conforto é um bom conselho para a vida.

6. Equilíbrio. Durante o equinócio de outono o dia e a noite têm o mesmo número de horas e por isso muitas culturas associam o outono ao equilíbrio, algo que toda a gente deve procurar.

7. ‘Abrir mão’. À medida que as temperaturas caem e as folhas começam a cair, o outono ilustra a beleza de ‘abrir mão’ ou deixar ir. Esta estação representa a morte de uma forma fascinante, nada mórbida e que pode ser associada ao conceito de deixar morrer os nosso egos, o nosso orgulho, a nossa teimosia e a nossa ganância.


Noticias ao minuto