domingo, 29 de maio de 2016

Debaixo dos Teus Braços

 ...me aconchego, me encosto... segura de que a tua sombra me dá a doce sensação de estar guardada, protegida ou até escondida.
Conto-te os meus segredos, confio...
Teus ramos enxugam-me as lágrimas ou abanam suavemente quando rio feliz.
És o meu abrigo em dias de tempestade ou de calor ardente.
Desabafo meus medos, fragilidades, alegrias, amores e desamores...sei que guardas tudo sem uma palavra dizer, mas conforta-me saber que estás aí, mesmo quando acabo por adormecer encostada ao teu tronco, onde sonho que ao pé de ti estarei sempre feliz.

Existe um Olhar