terça-feira, 26 de abril de 2016

Existem dois dias que não posso fazer nada: o ontem e o amanhã






Intenção, disciplina comedida e tempo. Segundo os grandes mestres indianos, essa é a receita infalível para alcançarmos nossos objetivos. Sem esses três componentes, os desejos se diluem e perdem a força de sua realização espontânea. Mas, antes de mirar nos alvos futuros, é preciso fazer as pazes com o instante presente, aceitar que cada momento é como deve ser e que atrás de uma adversidade existem infinitas possibilidades de aprendizado e crescimento. Busque-as.

Procure viver no aqui e no agora, como se nada mais existisse. Como bem disse o Dalai-Lama, há dois dias nos quais não posso fazer nada: o ontem e o amanhã. Entenda o presente como um presente mesmo, embrulhado com um belo laço de fita dado pelo Universo! O agora é a única coisa palpável que temos. O passado é como um cheque sem fundos; o futuro, uma nota promissória que não sabemos se vamos receber; e o presente, dinheiro vivo, cash.

Para entender de um jeito fácil: quando estiver lavando louça, simplesmente lave louça. Quando estiver escovando os dentes, escove os dentes, e assim por diante. Tudo na vida é uma questão de treino. Do mesmo modo que praticamos para dominar um desporto, praticamos para viver o agora.

Você pode utilizar a respiração como ferramenta para o sucesso: observar o ar entrando e saindo de suas narinas em um fluxo natural e espontâneo a conectará imediatamente ao instante. E esse é um hábito para o resto da vida. Que bom, né? Viver perderia um pouco da graça se não pudéssemos estar sempre evoluindo!

Agora, em harmonia com o presente, é hora de conectar-se com seus objetivos. Aí vem o ritual em que você acende a sua intenção. Aromatize um lugar tranquilo e confortável em sua casa com óleo essencial de lavanda e coloque uma música suave que toque sua alma. De olhos fechados, aquiete-se e foque na chama que brilha dentro do seu coração. Nutrida por essa energia de amor, pense em algum desejo, algo que você queira muito. Visualize esse querer já realizado, com riqueza de detalhes. Grave em sua memória celular essa imagem e essas sensações. Em seguida, coloque em prática a disciplina (comedida, sem exageros, que fique claro). A perseverança ajuda a conseguir o que quer. Então, sempre que puder, traga à memória essa imagem viva, quantas vezes quiser. Mas tudo sem esforço excessivo. Lembre-se de que, quando a acção é correta, as coisas fluem naturalmente, sem stress, sem forçar as situações. Novamente, trazemos à tona a definição de que a vida é “leela” – brincadeira cósmica e divina. Ela segue o fluxo natural e espontâneo do Universo. E por fim vem o tempo. Repita muitas vezes ao longo do ano esse desejo, obedecendo às regras. É preciso segurar a ansiedade e esperar a hora certa pacientemente. E aí você verá o milagre acontecer por meio do seu poder interior!

Você pode usar essa fórmula para tudo o que quiser, desencadeando a realização de todos os seus desejos. Mas, como não poderia deixar de ser, neste momento conturbado do nosso planeta, coloque atenção não só no seu instante presente ou em sua intenção. O exercício também vai ajudá-la a conspirar por um mundo repleto de paz, no qual todos os seres humanos tenham direito à felicidade e à abundância.


Conversa Carioca