quarta-feira, 23 de março de 2016

Inauguração da exposição Grão Vasco na Fundação D.Luis


Ministro da Cultura inaugura exposição do Museu Grão Vasco em Cascais





O ministro da Cultura, João Soares, inaugura este sábado, dia 19 de Março, às 19h00, a exposição de uma extraordinária selecção de obras do Museu Nacional Grão Vasco que vai estar, pela primeira vez, acessível ao público. A mostra “Museu Nacional Grão Vasco: reservas em bruto - pintura e escultura dos séculos XVI e XVII” está patente no Centro Cultural de Cascais até 19 de Junho.

É uma selecção de obras de valor incalculável, protegida em reserva do Museu Nacional Grão Vasco, e que constitui, praticamente, um “segundo museu”. Esteve, até agora, invisível ao público, quer por razões de opção de discurso museológico, quer de exiguidade de espaço, apenas disponível a investigadores, sobretudo especialistas de história de arte.

A Câmara Municipal de Cascais e a Fundação D. Luís I acolhem esta exposição no âmbito da celebração do centenário do Museu Nacional Grão Vasco.

A mostra integra a programação do Bairro dos Museus e visa concretizar um objetivo estratégico do museu viseense: tornar visível ao grande público esta notável selecção de obras provenientes das suas reservas.

Desde a sua fundação, em 1916, que o espaço foi acumulando obras de arte, provenientes, em grande parte, da região de Viseu. Esta parceria recentemente iniciada entre a Fundação D. Luís I e o Museu Nacional Grão Vasco teve como primeiro passo a apresentação, no Centro Cultural de Cascais, de 60 peças do acervo de Ícones Russos da colecção do Museu Nacional Grão Vasco.

A exposição “Museu Nacional Grão Vasco: reservas em bruto - pintura e escultura dos séculos XVI e XVII” fica patente ao público no Centro Cultural de Cascais até 19 de Junho de 2016, de 3ª a domingo das 10h00 às 18h00.