quarta-feira, 23 de março de 2016

Espelho





Essa senhora

Que insiste em me olhar

Quando olho para o espelho

Vem me dizer

I n s i s t e n t e m e n t e

Que tudo aquilo que vivi

Muda-me por dentro

E por fora

Marca-me

Na alma

E na pele

Nos sonhos

E nos olhos

Testa

E cabelos brancos

Que insistem

Em povoar minha cabeça

Repleta

Ainda

De sonhos

De amores

De desejos

Repleta de todos os sorrisos

Que sempre estampei no rosto

Ao me ver

À frente do espelho


Anna Frascolla - Vencedora do Concurso Dia Nacional da Poesia 2016 - 2º lugar