quinta-feira, 10 de março de 2016

A Culpa não é das Expectativas

tumblr_m29lcc8Mx01rt9ncjo1_500
Deu ruim
Você começou algo novo na vida. Um emprego, um relacionamento, uma conquista, uma nova fase. Você está feliz e consequentemente se enche de expectativas.
Expectativas de que vai ser bom, muito bom, de que você vai ser feliz, feliz pra caralho, de que a sua vida vai trilhar novos e lindos caminhos. Você sonha alto, lá em cima. Afinal, se é pra sonhar que seja grande, né?
Mas nem sempre as coisas acontecem como a gente quer.
Você sonhou, sonhou, sonhou mas o despertador te acordou para uma realidade bem diferente. Você voou alto mas acabou dando de cara com um muro.
Não deu certo. Acabou. E acabou mal. Tudo foi uma mentira. Uma perda de tempo. Nada foi como você planejou.
E então você se vê desestruturada, decepcionada, frustrada e arrasada.
O seu chão, antes seguro e confiável, desmoronou.
Não faltarão pessoas para te convencerem de que o seu erro foi ter criado expectativas.
Não faltarão argumentos para te fazerem acreditar que a solução é se contentar com qualquer coisa que a vida der e não almejar nada além.
Não faltarão abutres para te trazerem para o mundo deles. Um mundo sem cor, sem gosto, sem sonhos, sem esperanças, e completamente sem graça.
Deixa eu te falar uma coisa sobre expectativas.
Elas não são as vilãs.
A culpa não é delas.
Sabe de quem é a culpa?
É todinha sua.
Quem não sabe lidar com as frustrações da vida é você.
Pare de culpar as expectativas e de uma vez por todas aceite as responsabilidades que te cabem.
Já passou da hora de você deixar de ser uma criança mimada que não sabe receber um não.
Já passou da hora de você aprender que a vida não é mamãe que vai sempre passar a mão na sua cabeça.
Já passou da hora de você crescer, amadurecer e saber que sonhar é bom, que ter esperanças é bom, que ter fé é bom, que ter expectativas é bom, mas que você precisa saber encanar com maturidade e sapiência quando as coisas não derem certo.
Você sonhou e se frustrou?
Você fantasiou e foi tudo diferente?
Você criou expectativas que no final não aconteceram?
Que chato! Que ruim! Que merda!
Mas a vida segue.
A vida segue e você tem que seguir com ela.
Você não conseguir desapegar, se jogar no chão e fazer pirraça e ficar com raivinha do mundo não é culpa das expectativas que você criou lá no começo.
É culpa sua que agora no final não sabe encarar uma rejeição, uma negação, uma recusa como o adulto que você deveria ser.
Não culpe as expectativas pela sua imaturidade.
Porque a vida está sempre acontecendo.
Às vezes ela dá certo e outras vezes não.
E quando o ‘não’ chega, ele não pede a sua permissão, ele chega arrombando tudo.
E ele acontece você tendo criado expectativas ou não.
Então é melhor você ir se acostumando com as frustrações da vida desde já.
E aceitando que sonhar é bom, mas que nem tudo é como nos sonhos.
E que não há problema nenhum nisso.
Apenas cresça.
Porque no dia em que você crescer, finalmente aprenderá a lidar com as frustrações da vida.
E então você poderá criar quantas expectativas quiser, pois estará preparada para caso as coisas não derem certo.