quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

THE BEST IS YET TO COME



É maravilhoso viver.
Não tenho dúvidas.
Mas, há realmente dias, em que acordamos tão cinzentos, que até temos medo de nós. Ou porque faz anos que nos divorciámos, ou porque faz anos que nos morreu alguém, muito querido ou simplesmente, porque a vida, logo de manhã, resolve chatear-nos a cabeça com pequenos nadas, que fazem toda a diferença.
Que bom que era, em certos dias, mandar tudo para o “outro lado” e fazer só e apenas, aquilo que nos dá na real gana.
Mas, infelizmente, não é assim. A vida não se compadece das nossas neuras e tristezas e nessas alturas, até parece que faz do propósito, para a coisa nos correr ainda pior.
Resta-nos o quê?
A nós mulheres, pôr o nosso melhor vestido, combinar os sapatos com a carteira, carregar no perfume e sair para a rua com o nosso melhor sorriso.
Aos homens, fazer cuidadosamente a barba, vestir a camisa, que a menina do quiosque, onde compram o jornal todos os dias, lhes pisca o olho e lhes diz “que bem que lhe fica essa camisa” e sair igualmente para a rua, perfumado e sorridente.
Acho que a vida, quando nos vê sair à rua, como se o mundo todo fosse nosso, recolhe as garras da tristeza e nos começa a bombardear com boas lembranças, que nos fazem voltar a sorrir e a repetir baixinho:
“Amanhã é outro dia e, além disso, já passei por coisas bem piores”
E assim, lá nos vamos encaixando o melhor que podemos e sabemos na nossa vida, que tanto nos faz rir, como faz chorar mas onde é tão bom morar.
Além disso…
The best is yet to come!

Poetas poemas e poesias