quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016


ROTINA




Às vezes as pessoas passam a vida inteira perdidos dentro de si mesmas.
Não conseguem desvendar seu próprio Eu.
Sabem que têm um caminho a seguir, uma jornada a percorrer.
Acordam, comem, vão trabalhar, voltam, descansam e assim mais um dia e mais outro. A sensação de que lhes falta algo persegue a tal ponto de produzir o choro, o tédio e a insatisfação pessoal.
Mas o que não imaginam é que seu coração é capaz de falar, mas não entendem a sua linguagem.
O que quer que façamos só será completo se darmos ouvidos a voz de dentro, do coração.
Se pararmos de nos preocuparmos com opiniões alheias e fazermos o que nos pede o coração.





Arca do autoconhecimento