sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

O PROBLEMA.



Sentou-se no chão da sala vazia, de repente não eram só um, eram dois separados, planos, sacrifícios, tudo sem sentido, ficou ali sentada, não conseguia chorar, gritar ou até falar.
A frase " o problema não és tu" pairava nos pensamentos, um cliché que nunca pensou viver.
Os anos de dedicação, de partilha, deu tudo, quando ele pediu um encontro na casa que seria deles ainda vazia, para conversar, pensou nas mobílias, cortinados, em futilidades, jamais pensou que era uma despedida, sem grandes explicações, ele saiu, ela continuou lá, afinal o problema era dela.
Disse sim, quando deveria ter dito não, iludiu-se quando sabia que algo não estava bem, aceitou as migalhas que ele lhe deu, esquecera que uma refeição completa é essencial para viver e ser feliz.





Histórias Irreais