domingo, 28 de fevereiro de 2016

Felicidades, Isabel!

Olá minha amiga !


Podia telefonar-te, mas a palavra escrita tem outro significado,outro peso !

Assim digo-te que:

Gostei muito de te conhecer,logo desde o início, quando éramos apenas amigas virtuais  !

Gosto muito de conversar contigo,de ouvir os teus conselhos prudentes, ponderados.

Gosto da maneira simples como encaras a vida.

Gosto da preocupação e carinho que mostras para com os outros.

Gosto do teu sentido de humor.

Gosto da maneira como gostas de mim.

Por tudo isto é muito mais...

Desejo:

que possamos manter esta amizade;
que nos encontremos mais assiduamente;
que tenhas sempre muita saúde ;
que a vida sempre te sorria;
que tenhas sempre por perto um ombro amigo para te apoiares;
que continues a ser quem és ;

Enfim....que sejas sempre muito Feliz!!!

Na vida,o que importa é a Felicidade, seja ela qual for,onde se encontre...



Comentário da Isabel: Ufff! ainda não tinha vindo aqui e já te estava a "rogar pela pele". Tudo o que desejas para ti, desejo eu para ti "en doble". Já sabes que esse ombro amigo é o teu. Na verdade gosto de ser como sou, ser uma mulher sexagenária (detesto este nome). Uma das coisas boas é a calma, pesar os prós e os contras antes de falar, gostar muito da minha maneira de ser e aprendi há muito que temos que ser felizes com aquilo que temos porque já me dei conta que o que eu ambicionava quando era mais nova não ajudaria em nada para o que sou hoje. A maldita doença também fez de mim uma pessoa melhor e estar mais disponível para os outros. A prepotência que há alguns anos me atacou foi completamente desfeita e desapareceu.
Muito obrigada Judite pela tua amizade desinteressada. Be happy!