domingo, 17 de janeiro de 2016

O QUE É O VINTAGE



Na decoração, na moda, na ilustração, nas tendências de design, parece que o que mais a gente ouve por essas rodinhas é o termo “vintage”. E aí é cliente e chefe pedindo uma “coisinhas meio vintage”, “com cara de antiguinho”, “sabe, meio assim, desgastadinho?”. Mas, mesmo com toda essa popularização, por que será que nunca paramos para pensar o que, de fato, significa o termo vintage?




Para gente entender melhor, o Oficina de Estilo citou o blog Mi Cajon, que descreveu com exactidão o conceito da nossa palavrinha coringa do dia. Para ser considerada vintage, uma peça de roupa, por exemplo, precisa:

“TER PELO MENOS 20 ANOS DE ANTIGUIDADE, SER TESTEMUNHA DE UM ESTILO PRÓPRIO OU DE UM ESTILISTA, NÃO HAVER SOFRIDO NENHUMA TRANSFORMAÇÃO, REPRESENTAR UM INSTANTE DE MODA E ESTAR EM PERFEITO ESTADO.”

A regra vale também para a arte e todas as outras manifestações estéticas como a arquitectura e o design. E isso requer um alerta: vintage refere-se ao produto original, sendo que o que é produzido aos moldes do que fez história no passado, pode ser apenas considerado “inspirado” no estilo vintage.



E sim, coisas vintage podem e devem ter um valor elevado pela história e sua representatividade.

Em relação à decoração, vamos combinar que as tendências estão sim muito voltadas a fórmulas antigas. Cores, formas, ângulos, padrões, objetos... essas coisas nos deixam suspirando! Afinal de contas, quem nunca quis levar para casa aquele poster de uma propaganda da Coca-Cola dos anos 50 ou aquele aparador com pé palito que é a cara da casa da vovó?




Vintage ou retrô? Qual a diferença?

A palavra vintage não tem suas origens na estética e sim nos vinhos. “Vint” vem de “colheita” e “age”, de idade. Resumindo o conceito: quanto mais velho, melhor.

Já o termo retrô (do inglês retro) significa “olhar para trás”. Então, suponhamos que a ShopKola tenha lançado uma colecção inteira inspirada em padronagens vintage. A colecção, portanto, é retrô, como o adesivo de parede Pássaros 3, para azulejos hidráulicos e o adesivo de parede Lousa Retrô.






O retrô é nada mais do que algo novo feito para ter carinha de antigo. E o vintage é algo antigo de verdade, que carrega em si a estética e a cultura de uma época específica.

E falando nisso, quer ver mais algumas opções de papel de parede adesivo retrô da Kola? Separamos algumas para você deixar sua casa com aquela carinha de aconchego.



Papel de Parede Adesivo Dig a Pony V, por Cyla Costa.  



Papel de Parede Adesivo Chevron King.  




ideiafixa.com