sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

CONFRATERNIZAÇÃO UNIVERSAL:COMO TER UM ANO SEM CONFLITOS

A chegada de um novo ano geralmente desperta expectativas e impulsiona mudanças. O 1º de janeiro, além de ser feriado, é reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Dia da Confraternização Universal. A intenção do momento é estar com a família e amigos em ambiente de harmonia. 
Apesar do clima festivo, ninguém está totalmente livre de brigas e desentendimentos que podem surgir. Veja como iniciar 2016 sem conflitos nas relações.
Confraternizacao-Universal-doutissima-istock-getty-images
Data incentiva a promoção da paz, do diálogo e o fim da violência e miséria no mundo. Foto: iStock, Getty Images

Dia da Confraternização Universal

O primeiro dia de cada ano é especialmente íntimo para cada pessoa. De maneira geral, é cheio de reflexões, troca de votos de felicidade, paz saúde e prosperidade com aqueles que você ama. 
A data também é especial pela comemoração do Dia Mundial da Paz, instituído pela Igreja Católica na década de 1960. Ambas incentivam a promoção da paz, do diálogo entre os povos e do fim da violência e miséria no mundo.

Como ter um ano novo mais zen

É comum que nessa época as pessoas façam promessas e tentem melhorar aspectos negativos sobre si mesmas. Veja abaixo 5 dicas para começar o novo ano em paz, com menos brigas e disputas.
  1. Vigie suas emoções
Antes de iniciar qualquer discussão, tente analisar o seu estado emocional. É comum que a fúria, o ódio e o rancor sejam o gatilho para piorar a situação. Entretanto, no momento da raiva, o organismo não processa com clareza suas emoções, o que pode deixá-lo irracional naquele momento.
Quando chegamos em tal ponto, o corpo está pronto para qualquer luta, seja ela verbal ou física. Se suas mãos suarem, sentir sua temperatura elevada, tensão e ter pensamentos violentos, respire fundo e conte até 10. Caso contrário, provavelmente você irá machucar alguém com suas palavras e atitudes.
  1. Avalie as situações
Verifique se o problema que você tem é tão ruim quanto parece. Observe o que deixa você com raiva, pense sobre os motivos que o incomodaram e tente avaliar se a situação é realmente grave. Muitas vezes não é e as brigas podem ser evitadas. 
  1. Escolha ser feliz
Geralmente, os desentendimentos pioram quando alguma das partes, ou as duas, tentam defender seu ponto de vista. Tenha em mente que o importante não é vencer uma discussão, mas sim, resolver o problema e seguir em frente para ser feliz. 
  1. Ouça mais
É comum querermos falar mais ao invés de ouvir o outro. Entretanto, você deve estar disposto a escutar e entender que existem dois lados de uma mesma história. Prestar atenção no que o outro diz pode ajudar a entender o contexto da discussão e até mesmo fazê-lo admitir que também pode estar errado.
  1. Foque no futuro
É comum que grandes brigas sejam motivadas por mágoas do passado que não foram resolvidas. Por isso, é importante não relembrar em uma discussão os erros cometidos anteriormente pela pessoa. 
Concentre-se no momento presente, foque na solução do problema e na garantia de que não irá se repetir. Pratique o perdão e deixe o orgulho de lado.