sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

SEM SAÍDA,MAS AINDA COM VIDA


FOTO: GOOGLE

Estranho lugar cercado, fechado.
Tudo se move no nada...
Natureza morta, engaiolada!
E, como se não respirasse mais,
 nada do que se foi...voltará.
Tudo acabou, se foi, sem retorno...
Feche os olhos para o passado,
olhe e siga em frente.
Eu sou mais eu,
você ficou preso la atrás...
Não te vejo e você não me vê.
O caminho já não e tao árduo,
mas te deixa assim, capaz.
Agora, você sabe, fez tuas escolhas,
nada mais me prende a você!
Nem os laços de sangue,
nem as linhas mal traçadas
no papel brilhante...
Nem os versos de que te falei.
Nossos caminhos mudaram,
cada qual escolheu o seu.
Mão única sem volta...
Nada prometido,
mas tudo bem solucionado.
Estou no controle de minha vida,
mas o controle perdi nas escolhas
das ilusões perdidas.
Eu sei bem o que quero pra mim,
mas jamais direi o que quero de você.
O destino talvez seja cruel,
como cruel fui, quando desisti de você!

-Rosa Azul-
Meu modo suave de escrever