sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

MULHER EMAGRECE MAIS DE 350 KG

Na maioria das vezes, tudo o que falta para alguém emagrecer é um motivo. E ele pode vir dos mais diferentes lugares. Talvez no shopping no dia em que uma roupa linda não couber  ou quando entrar no ônibus tiver que ser pela porta de trás. O motivo da americana Mayra Lizbeth Rosales, com 466 quilos, foi muito pior: ela foi acusada de matar o próprio sobrinho esmagado.

Há quatro anos, a moradora de Houston, no Texas, encarou o julgamento que a acusou da morte do seu sobrinho. O seu advogado alegou que a ela era "muito gorda para matar" e a americana foi absolvida do crime. Assim que a pressão e a angústia passaram, tomou uma atitude que mudaria para sempre a sua vida. Em dois anos, emagreceu 376 quilos.
A ex-obesa mórbida contou ao site Daily Mail que fez uma dieta rígida logo após o julgamento. Depois de perder bastante peso apenas com dieta, que incluiu uma alimentação saudável, fez algumas cirurgias para retirar o excesso de pele que devolveria a firmeza do corpo. 
A irmã Jaime Rosales, mãe da criança que morreu, acabou sendo condenada pelo crime. Na época, Mayra disse ter tido culpa na morte para que os outros filhos da irmã não ficassem sem a mãe, mas voltou atrás quando viu que Jaime abusava de seus outros filhos.
A irmã de Mayra permanece até hoje na prisão. "Estou realmente triste que minha irmã esteja na cadeia", lamentou a americana ao site "Daily Mail".
A transformação de vida e de peso começaram logo após o processo judicial. Hoje, dois anos após a tragédia, ela já conseguiu chegar aos 90 quilos. "Boa parte disso é a dieta. Estou tendo alimentação saudável", disse.
A americana é a protagonista do documentário "HalfKiller: Transformed" (Assassina de meia tonelada: Transformada) 
dasmariasblogs