quinta-feira, 17 de dezembro de 2015




“Calma.

É só se manter longe.

Longe, bem longe.

Que longe nada afeta.

Ou quase nada.”


Devaneio Momentaneo