domingo, 6 de dezembro de 2015

ALGUMA COISA ESTAVA FORA DE MIM





Sabia que tinha alguma coisa fora do lugar em mim.

Eu era uma soma de todos os erros:

bebia, era preguiçoso, não tinha um deus, idéias, ideais,

nem me preocupava com política.

Eu estava ancorado no nada, uma espécie de não-ser.

E aceitava


Devaneio Momentaneo