quinta-feira, 5 de novembro de 2015

O GRANDIOSO ARMANI


1 Roberta Armani, Leonardo DiCaprio, Tina Turner and Giorgio Armani
Roberta Armani (Mr Armani’s niece), Leonardo DiCaprio, Tina Turner and Giorgio Armani


Giorgio Armani celebra o 40º aniversário com uma nova exposição e magnificente desfile.


Era a primeira fila de sonho: Cate Blanchett e Glenn Close cintilavam nos seus fatos brancos; Leonard diCaprio escondia-se por detrás da sua barba; Tina Turner aplaudia efusivamente; Hilary Swank com as suas esguias e tonificadas pernas cruzadas; Lauren Huttone o seu famoso sorriso; e a eterna bombshell Sophia Loren, a provar que a vida continua a vibrar aos 80.

Giorgio Armani, quase com 81, celebrando os 40 anos da sua casa de Moda, trouxe Hollywood a Milão para uma retrospetiva dos 10 anos da sua linha de Alta Coustura, a Armani Privé – e mostrar os edifícios de Silos que converteu, a partir de uma antiga fábrica de cereais, num vibrante espaço de 4 andares que serve de palco à mostra desses anos de Moda, desde a ousada androgenia à elegância de sonho.

“Eu tinha de vir – por ele”, disse Cate Blanchett”, ecoando o calor que rodeava o designer ao longo de uma noite que encerrou com um prolongado aplauso de pé.

Isto foi logo depois do desfile com 10 temas diferentes, desde reminiscências do étnico à chinoiserie com o brilho de uma caixa esmaltada, que foram digitalmente projetados na passerelle, enchendo o cenário com padrões e cores intensas.

“Eu sou muito emocional”, admitiu Armani ao início do dia, quando abriu o edifício de Silos aos seus convidados. “É uma caminhada ao longo de 40 anos, lembrando-me de todos aqueles que colaboraram comigo.”

Giorgio cumprimentou-me à porta do seu edifício de pedra e vidro, em frente à sua sede em Milão, com a imagem que já lhe reconhecemos: o seu sportswear azul escuro, iluminado pelo seu cabelo grisalho e ténis brancos. Deu-me então o privilégio de uma tour pelos quatro andares, mostrando tudo com a sua pacífica e particular elegância. Começou com o bege de assinatura dos primórdios do seu daywear, no qual uma mulher de calças quebrou fronteiras sexistas, e continuou até chegar aos vestidos glamourosos de Hollywood. Treze secções de exposição incluem criações que não estão organizadas por ano, mas antes misturando diferentes peças da longa carreira do maestro italiano.

“Tenho quase 81 anos – e dei a minha vida a isto”, disse, depois, quando passámos ao edifício Armani original, desenhado por Tadao Ando, onde já vi tantos desfiles – e onde a extravagância elegante daquela noite iria ter lugar.

“Eu gosto mesmo de estar em casa a jantar com o meu gato, Angel”, disse o Maestro de Milano e o reconhecido ícone da Moda.


5 Cate Blanchett and Giorgio Armani CREDIT Giorgio Armani
6 Giorgio Armani and Glenn Close CREDIT Giorgio Armani  9 Armani Silos interior - credit Davide Lovatti 
Vogue (com supressões)