terça-feira, 13 de outubro de 2015

Voz da Noite







O sol se apaga.
De mansinho,
a sombra cresce.

A voz da noite
diz, baixinho:
esquece... esquece...

Helena Kolody