domingo, 11 de outubro de 2015

CAVALEIRO SELVAGEM




"Cavaleiro selvagem
Cavaleiro selvagem
Cavaleiro selvagem
Aqui te sigo

Como a estação do meu viver
Tua aura reluzTeu canto conduz

Eleva mais e mais e mais
Te vejo na beleza de um novo dia
Me faz ver na tristeza, sabedoria
Raiz que nunca saiu daqui, sempre morou aqui
Amor, que seja como for

Cavaleiro selvagem
Cavaleiro selvagem
Cavaleiro selvagem
Aqui te sigo (aqui te sigo)

Sereno sobre as casas
Livre, bonito
É vento sob as asas
Estrela-guia
Rumo, norte, figa, sorte
Cor e criança

Vem



Trazendo o nosso sol
Vai
Levando todo o mal
Como quiser, hora, lugar
Quando disser, vou lá

Cavaleiro selvagem
Cavaleiro selvagem
Cavaleiro selvagem
Aqui te sigo

Aqui te sigo"