sexta-feira, 16 de outubro de 2015

BOB MARLEY - A LENDA


Altos e baixos da vida de Bob Marley ajudaram na construção da lenda
Ídolo do reggae completaria 70 anos nesta sexta; ele morreu em 1981.
'Há um mistério poético que o faz brilhar ainda hoje', disse biógrafo.

Sem os obstáculos e as controvérsias de sua vida pessoal, o cantor de reggae Bob Marley, que completaria 70 anos nesta sexta-feira (6) caso estivesse vivo, poderia não ter se tornado o artista de renome mundial que ainda "sobrevive" na atualidade, afirma de um de seus mais reconhecidos biógrafos. "O conheci em 1979, quando viajei por umas semanas à Jamaica para entrevistá-lo. E posso te dizer que ele estava estranho, cansado, exausto. Trabalhava muito", lembra Chris Salewicz, autor de "Bob Marley: The Untold Story" (Bob Marley: a história não contada).


Em entrevista à Agência Efe, o escritor britânico afirma que a lenda jamaicana, que morreu em 1981, aos 36 anos, devido a um câncer, era "humanitário" e "altamente produtivo".




O espírito revolucionário de Bob Marley remonta aos anos 60, quando o cantor, autor de clássicos com temática social como "No woman, no Cry", viajou várias vezes aos Estados Unidos para visitar sua mãe, que tinha se mudado para o estado de Delaware para tentar melhorar de vida.


GI Música