sexta-feira, 18 de setembro de 2015

BATOM VERMELHO



O batom vermelho é mítico e um divisor entre as mulheres que usam e as que não usam. De um lado, as independentes e seguras de si, as provocativas. E de outro as que ainda não chegaram lá? Vamos combinar, precisa ter personalidade para segurar um bocão vermelho em plena segunda-feira pela manhã. Eu ainda não tenho. Mas existem mulheres que não curtem o rouge provocador e ainda assim mexem com o imaginário masculino. Então, o assunto é complexo.

Falando por mim, acredito que a escolha da cor do batom tem mais a ver com auto descobrimento do que com questões sobre maquiagem, já que lábios vermelhos trazem consigo o simbolismo da juventude e da sexualidade aflorada. Isso não quer dizer que quando passamos batom vermelho estamos emitindo um “sinal verde” para os homens avançarem em cima de nós. Obviamente. Mas muitas de nós acaba deixando de lado essa tonalidade simplesmente por não querer transmitir a mensagem errada para o sexo oposto. (...)O maior exemplo de mulher morena que abusa do batom vermelho é Angelina Jolie. Aí você pensa “ah, mas ela pode, ela é a Angelina Jolie, aí fica fácil usar”. Pense por outro lado, se ela fosse encanada, não passaria nem perto desses tons por causa do tamanho dos seus lábios. Ela é exemplo justamente porque assume sem medo uma característica de seu rosto e usa isso a seu favor.