sábado, 15 de agosto de 2015

Sonhos de ti


Atelier do António

Sonhos de ti

Os sonhos
trazem-me à boca
um gosto
a naturezas vivas
e a eternas madrugadas,
claras,
longas e plenas
de naturais sabores
a ti.


E trazem-me o teu cheiro
e eu gosto e quero
e respiro os sonhos
que faço adormecer
profunda
e interminavelmente
em ti.

Embalo-me no sono
do meu sonho e tu sorris,
e eu levo-te
ao nosso lugar
na madrugada
clara e plena
onde tu és sempre o voo
de um pássaro qualquer.

E eu que gosto
de naturezas vivas,
voo também até adormecer
com os olhos
pousados na madrugada
do teu corpo,
sobre o teu corpo,
almofada dos meus sonhos.

E apago o gosto amargo
escrito na boca,
na língua
e salivo gemidos de mar
e sal e terras e ventos
e olho para mim
e vejo-me num espelho
de pedra branca
e chamo e chamo e chamo
e ouço em ti,
vagamente dito,
o murmúrio dolente
e doce e seco
e eu vivo e morro
no teu corpo,
por dentro de ti,
em pleno sonho

AntónioFMartins

http://olharmaislonge.blogspot.pt/
https://www.facebook.com/antonio.martins51