domingo, 30 de agosto de 2015

Beleza imaginada


A Beleza Maior é a que não se Vê


- Hoje, durante o meu passeio matinal, vi uma linda mulher... Meu Deus, que linda que ela era! (...)

- Sério, sr. Spinell? Descreva-ma então.

- Não, não posso! Dar-lhe-ia uma imagem imperfeita dela. Ao passar, mal a vi; na verdade, não a vi. Apercebi-me, porém, da sua sombra esfumada, e isso bastou para me excitar a imaginação e guardar dela uma imagem de beleza. Meu Deus, que linda imagem!

A mulher do sr. Klöterjahn sorriu.

- É essa a sua maneira de olhar para as mulheres bonitas, senhor Spinell?

- Sim, minha senhora, é; é muito melhor do que olhá-las fixamente na cara, com uma grosseira avidez da realidade, para no fim ficarmos com uma impressão falsa...

Thomas Mann, in "Tristão"