terça-feira, 21 de julho de 2015

Não hesitava um segundo



Entre os teus olhos azuis

E um quadro azul de Picasso

Entre o som da tua voz

E o som de qualquer compasso

Entre o teu anel de prata

E todo o ouro do mundo

Escolheria o que é teu

Não hesitava um segundo



Quantas ondas há no mar

Quantas estrelas no céu

Tantas quantas nos meus sonhos

Eu fui tua e foste meu

Entre o teu anel de prata

E todo o ouro do mundo

Escolheria o que é teu

Não hesitava um segundo



Entre o céu da tua boca

E a luz do céu de Lisboa

Entre uma palavra tua

E um poema de Pessoa

Entre a cor do teu sorriso

E todo o brilho do mundo

Escolheria o que é teu

Não hesitava um segundo



Entre o teu anel de prata

E todo o ouro do mundo

Escolheria o que é teu

Não hesitava um segundo


Ana Moura



Pablo Picasso