segunda-feira, 22 de junho de 2015

O nosso amor


onossocasamento.pt

Conheci-te num baile,como se dizia antigamente.
Era eu ainda uma miúda  num corpo de mulher. Tu mais velho, não tiravas os olhos de mim. E eu, num misto de curiosidade e nervosismo baixava a cabeça e de vez enquanto disfarçadamente olhava-te. 
Até que os nossos olhos se encontraram. Pediste-me para dançar, ao som da música de Mireille Mathieu, que tocava na máquina de discos.
Agarraste-me com firmeza, mas suavemente. Sentia o teu corpo junto ao meu, as tuas mãos suaves tocavam as minhas costas, num arrepio. E mão com mão começámos a dançar....não foi preciso falar! O toque das nossas mãos era infinitamente doce. E o teu corpo junto ao meu tão quente....
Creio que iniciámos o nosso namoro quando muito formalmente me deste um beijo na testa. Eu respondi-te com um largo sorriso.

 
entretenimento r7.com