terça-feira, 30 de junho de 2015

A Vida





  Blog Chic Glória Kalil


Ultimamente tenho lido sobre a passagem do tempo, talvez porque os anos também me vão pesando.
Já é sabido que tudo o que nasce,morre mais cedo ou mais tarde.
Na antiguidade grega as chamadas Moiras eram as detentoras do destino e do tempo que permanecíamos na terra. Uma das irmãs esticava o fio,o que correspondia ao nascimento do ser humano,a outra esticava-o,o nosso percurso existencial e por fim,a outra cortava o fio,correspondente à morte.
Não acredito propriamente no destino. Mas uma coisa é certa,sei e todos sabemos que vamos morrer. Quando? Como? Ninguém sabe !

É talvez esse desconhecimento,esse mistério que envolve a vida ,e ,que chamo a morte, me inquiete !
Mais frequentemente, entre amigos ,brincamos: dói -me as costas ; eu estou na fisioterapia com uma tendinite ; dormi tão mal esta noite ; e estas insónias que não me largam; então e o meu joelho...
Enfim...um Rosário de queixas que há 15/20 anos não ouvia !
Outro mais brincalhão dirá : é pá isso é D.N.A. ( data de nascimento antiga) todos nos  largamos a rir,mas nofundo,bem no fundo da nossa alma sabemos que é verdade. O nosso tempo está quase a expirar, como uma lata de conservas,ou um pacote de leite....

Estou a ser muito pessimista? Talvez !
Outros dirão : cheguei à idade madura. Agora sei o que quero. Estou mais assertivo, não volto a cometer os mesmos erros, gosto mais de mim agora do que quando tinha 30 ou 40 anos....

Poderá ser verdade para uns, até porque todos somos diferentes ( e ainda bem !)
No entanto, continuo a pensar que 15anos para a frente ou para trás  fazem toda a diferença.



foto retirada do facebook